28 de março de 2018

ACUSADO DE ABUSAR E ESFAQUEAR JOVEM NO BAIRRO JARDIM PARAÍSO ESTÁ NA CADEIA.

A Polícia Militar de Além Paraíba (52ª Companhia de Polícia Militar / Capitão Amarildo de Sá), prendeu na tarde de terça-feira 27 de março, por volta das 16:50h, o jovem acusado de invadir a casa de uma jovem de 23 anos de idade (moradora no bairro Jardim Paraíso), após ter violentado sexualmente a vítima, a esfaqueou por seis (6) vezes sendo que, um dos golpes lhe acertou o peito, onde a faca usada no crime veio a quebrar. Vizinhos ouviram gritos vindo da casa da jovem e acionaram seus familiares, que foram á casa e depararam com a terrível cena da jovem caída e toda ensanguentada com marcas de perfurações pelo corpo. A própria vítima relatou quem seria o autor das agressões. 
O jovem (foto) foi identificado como Werlison Silva, vulgo "nem", 22 anos de idade. Por volta das 14h, uma multidão armada com paus e até mesmo com facões, estiveram em busca do autor em meio á um matagal no bairro Banqueta. Porém, ele foi surpreendido por populares que o viram chegar á casa de um familiar no bairro Bela Vista, várias pessoas avançaram nele, após ser ferido por chutes e pontapés, ele foi imobilizado por algumas pessoas e foi preso pela polícia. Após ele foi conduzido ao Hospital Local onde várias pessoas também foram e tentaram contra sua integridade física, sendo resguardado pelos policiais militares. O mesmo se deu quando ele deixou a Unidade Hospitalar. 
Em contato com o autor ele relatou à nossa reportagem que não tinha nenhum contato anteriormente com a vítima e que, cometeu os atos contra a  sob efeito de drogas. Quando perguntado, disse estar arrependido e que só esfaqueou a vítima por que ela não parava de gritar.
Eu, Adenilson Mendes, em conversa com o Delegado titular da 28ª Delegacia de Policia de Além Paraíba, Dr. Thiago Couri, o mesmo disse que em depoimento, o autor relatou ser natural de Além Paraíba e que estava morando no Rio de Janeiro (na cidade de Itaboraí) e que veio há 15 dias para Além Paraíba, participar de um casamento e permaneceu na cidade. Ele confirmou que realmente teve o contato com a vítima na madrugada do dia do crime. Thiago Couri, afirmou á nossa reportagem que além de desferir seis (6) golpes de faca na vítima, o jovem criminoso tentou matar a vítima, pulando o muro lateral da casa (onde fez de apoio um pedaço de madeira), serrou uma grade, que depois a usou para tentar matar a vítima. 
O Delegado disse também que após o feito, o autor teria confessado o roubo de um aparelho celular da vítima. O autor teve o flagrante ratificado por ROUBO, LESÃO CORPORAL E TENTATIVA DE HOMICÍDIO, foi encaminhado á Unidade Prisional, ficando a disposição da Justiça.
Até o fechamento desta matéria, a jovem vítima, encontrava-se internada no Hospital São Salvador, em um quadro clínico estável.
AÇÃO CONJUNTA: POPULAÇÃO, POLÍCIA MILITAR E POLÍCIA CIVIL DE ALÉM PARAÍBA.
Blog do Adenilson Mendes - A Notícia É.

3 comentários:

  1. PRA QUEM É A FAVOR DE LIBERAR AS DROGAS, VIRAM O QUE ELE FALOU ? CONSUMIU DROGAS... E ESSA DROGA MATA,SENDO LEGAL OU NÃO. E OUTRA, OS TRAFICANTES, USUÁRIOS DE DROGAS, SÃO OS RESPONSAVEIS POR ISSO TUDO. VOCÊ TAMBÉM, QUE TEM PARENTES, AMIGOS E ETC USUÁRIOS DE DROGAS, E LHES DÁ APOIO, TAMBÉM É UM RESPONSÁVEL POR ISSO... SE ÉS CIDADÃO DE BEM, PAREM DE DAR MORAL PARA VAGABUNDOS; PAREM DE IR EM ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS E ETC, CUJO PROPRIETÁRIOS SEJAM CONHECIDOS USUÁRIOS DO TRAFICANTES DE DROGAS... ESSA GENTE TEM QUE SE FERRAR..SÃO LIXOS QUE EMPORCALHAM A SOCIEDADE,E MUITA GENTE DITA DE BEM (SERÁ QUE SÃO ??), LHES DÃO TODO VALOR, E DEPOIS RECLAMAM DA POLÍCIA, DA CRIMINALIDADE E ETC... A DROGA ACABOU COM O BRASIL, E O GOVERNO E CONGRESSO, SEGUEM INERTES E OMISSOS, COM MEDIDAS PARA INGLÊS VER, COMO ESSA "INTERVENÇÃO FEDERAL", NO RIO. CLARO, MELHOR QUE NADA. MAS SEM LEIS COMO PENA DE MORTE, PRISÃO PERPÉTUA E ETC, NUNCA RESOLVERÁ NADA.E OUTRA, TEM QUE SER NO BRASIL TODO...

    ResponderExcluir
  2. Ninguém quer q libera o crack e sim a maconha

    ResponderExcluir
  3. E ele usou foi crack, não julgue a todos sem realmente saber tudo oq si passa no fato

    ResponderExcluir