terça-feira, 1 de setembro de 2015

SENHOR CAI NO GOLPE DO EDREDOM EM ALÉM PARAÍBA

De acordo com o registro feito por meio de ocorrência policial na tarde de segunda-feira, 31/8, um senhor procurou a Policia Militar e relatou que se encontrava na varanda da casa de sua mãe, quando um casal aproximou dele, após descerem de uma caminhonete s10 de cor preta.
O homem aparentava 43 anos de idade, 1,60m de altura, branco, de barba, "porte físico gordo". 
A mulher, aparentando 35 anos de idade, morena, aproximadamente 1,60m de altura, "porte físico gordo"
A ele, foi oferecido  três peças de edredom, a princípio o senhor refutou a oferta. mas com a insistência do "vendedor" ele acabou fechando o negócio. Após efetuar o pagamento por meio de uma máquina de cartões de crédito e indo embora, o senhor comprador percebeu que as peças compradas não eram de edredom e o valor que seria de R$160.00 (Cento e Sessenta Reais), foi efetuado um desconto em seu cartão de crédito no valor de R$720.00 (Setecentos e Vinte Reais)
A Policia Militar sob o Comando do Capitão Flávio, orientou o senhor como deveria proceder diante de tal situação.

POLÍCIA MILITAR ALERTA !!! ESTELIONATÁRIOS AGEM EM NOSSA REGIÃO

Crimes envolvendo contas em bancos têm sido cada vez mais frequentes nos registros da PM da 6ª Cia PM Ind. Só na última sexta-feira, 28 de agosto, foram registradas cinco ocorrências de movimentações bancárias não autorizadas pelos titulares das contas.
Em Leopoldina, uma mulher registrou ocorrência na qual relatou várias movimentações financeiras não autorizadas na sua conta bancária, como transferências, saques de empréstimo, compras, abastecimento em postos de gasolina, antecipação do 13º salário, dentre outros. Ela informou que aceitou a ajuda de dois homens desconhecidos no dia anterior, quando foi ao banco.
Em Cataguases, no mesmo dia, dois registros mostraram movimentações sem autorização das vítimas. Com o cartão de uma delas foram realizadas compras totalizando R$ 25.000,00. Na conta poupança da outra, foram retirados R$ 5.600,00.
Já em Além Paraíba, uma vítima teve seu CPF utilizado para a compra de três sons automotivos e um iPhone em vários sites. No entanto, ela informou que, além de não ter comprado nenhum dos objetos, não tem cartão de crédito para as transações. Um outro registro de movimentação bancária não autorizada foi feito também no CROP da 52ª Cia. Um homem informou que dois pagamentos totalizando cerca de R$1.400,00 e uma transferência no valor de R$ 610,00 foram realizados com o seu cartão.
Por isso, a PM dá algumas dicas para que você também não seja  vítima de estelionatários. Caso tenha qualquer problema com o caixa eletrônico, peça ajuda apenas para os funcionários do banco. Não deixe que mais ninguém tenha acesso à sua senha ou contato com o seu cartão. Tome cuidado também com qualquer transação feita pelo computador, celular ou tablet. Mantenha o seu antivírus atualizado e não abra links em e-mails com remetentes desconhecidos.
Qualquer problema com a sua conta, entre em contato imediatamente com a gerência do banco para bloquear o cartão. Não se esqueça, também, de fazer um registro policial para que o caso seja encaminhado à Polícia Civil para investigação.
FONTE: Assessoria de Comunicação
policiamilitar.mg.gov.br - Leopoldina-MG

domingo, 30 de agosto de 2015

BATE BOCA NA CÂMARA DE VEREADORES DE ALÉM PARAÍBA FOI PARAR NA TV

A Equipe da TVI - TV Interativa (de Friburgo-RJ) que pode ser assistida no canal 52 da Sumicity, esteve em Além Paraíba no dia 10 de agosto, gravando a Sessão da Câmara de vereadores, onde, entre outros assuntos, foram ouvidos  O Secretário Municipal de Justiça Bruno Eduardo Perez de Barros, respondendo sobre suposto recolhimento de exemplares do Jornal Alemparahyba que trouxe matéria falando de sua pessoa usando carro e funcionário publico municipal. A acusação do vereador "Bi" e depois comentada na rede social pelo ex vereador e professor Guilherme Diniz, que a primeira mesa diretora da Câmara Municipal, 2013 a 2014 teria sido "comprada", foi veementemente debatida pelo vereador Dauro Machado. 
A TV Interativa procurou o Secretário Municipal de Justiça para uma entrevista, "ele teria dito que não participaria desse circo."
ASSISTA O VÍDEO DA TVI ( Maicon Queiroz  e "Molejão" - PROGRAMA A VOZ DA REGIÃO - Canal 52 da Sumicity TV)






sexta-feira, 28 de agosto de 2015

MOTORISTA E VEÍCULO DETIDOS PELA PRF / PLACA ADULTERADA COM FITA ISOLANTE

A Policia Rodoviária Federal (PRF) de Leopoldina-MG, parou um veículo KIA SORENTO com placas do Rio de Janeiro conduzido por um homem que não teve seu nome divulgado a nossa reportagem.
Ao verificar o veículo, o Agentes Federais, descobriram que o um dos números da placa dianteira não conferia com um dos números da placa traseira. 
PLACA DIANTEIRA: NYC - 0613
PLACA TRASEIRA: NYC - 0813
De acordo com a documentação do veículo (CRLV), concluiu que a numeração verdadeira era da Placa dianteira, NYC-0613 e que a adulteração foi feita com o uso de uma fita isolante preta, "provavelmente para tentar ludibriar os radares nas rodovias." O condutor declarou que não sabia de nada. Diante dos fatos, o condutor e o veículo foram encaminhado para a Delegacia de Policia Civil de Leopoldina-MG.
Fonte: ovigilanteonline.com (Nosso parceiro na informação em Leopoldina-MG)

HOJE,28/8 ACONTECERÁ O SEGUNDO FESTIVAL GASTRONÔMICO DE ALÉM PARAÍBA

FEAP - Polo Vila Laroca
Vai acontecer hoje, 28/8 apartir das 19h30min na Faculdade da Ciência de Saúde Archimedes Theodoro (Facsaúdearthe), localizada no bairro Vila Laroca em Além Paraíba, o SEGUNDO FESTIVAL GASTRONÔMICO com o tema "COMIDA DE BOTECO." O evento está aberto para todos que queiram participar.
Outras informações, ligue: 32- 3462-2999
Realização FEAP - Fundação Educacional de Além Paraíba -  www.feap.edu.br

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

"ZAMBONI ATACADISTA PODE FICAR EM MINAS GERAIS." GOVERNADOR PIMENTEL SUSPENDEU A RESOLUÇÃO... POR MAIS 60 DIAS

Foto de internete
"Na manhã desta quinta-feira, 27 de agosto, um grupo de deputados da base do Governo de Minas, liderados pelo deputado Rogério Correa (PT), se reuniu com o governador Fernando Pimentel e com o secretário de Estado da Fazenda, exigindo uma solução para o impasse que foi criado quando da edição da Resolução 4.800 que pode fazer com que a empresa alemparaibana Zamboni Distribuidora se mude para o Estado do Rio de Janeiro. Na reunião, ficou decidido que os efeitos da Resolução, que estavam suspensos até a próxima segunda-feira, 31 de agosto, fossem mais uma vez suspensos, desta vez por um período de mais dois meses, e que neste período sejam discutidos o que fazer para que não só a Zamboni, mas outras empresas atacadista mineiras, não sejam penalizadas com a Resolução 4800. Diante disto, informou o gabinete do deputado Rogério Correa, as chances da Zamboni Distribuidora permanecer em terras mineira poderá acontecer. A Zamboni Distribuidora gera mais de 800 empregos diretos e 1,2 mil indiretos em Além Paraíba, e, segundo a Secretaria de Estado da Fazenda de Minas Gerais, no ano de 2014 faturou mais de R$ 1 bilhão."
Fonte: Flávio Senra Fernandes - Redator do Jornal Além Parahyba  

Provavelmente, o prazo estendido por mais 60 (sessenta) dias será oficialmente publicado no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais, amanhã 28/8.
Mais informações acessem: www.rogeriocorreia.com.br

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

"PINDURA EX FUNCIONÁRIO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ALÉM PARAÍBA GANHA CAUSA DE DANOS MORAIS NA JUSTIÇA"

"Wesley - Pindura"
O ex funcionário público municipal de Além Paraíba-MG, Wesley Dias de Oliveira (mais conhecido pelo apelido de "pindura"), 34 anos de idade, teve uma ação judicial deferida ao seu favor em segunda instância (Belo Horizonte) por dano moral, movida contra Wellington Júnior Silva (atualmente, Funcionário público municipal, vereador em seu segundo mandato e advogado)
  VAMOS ENTENDER O FATO.  
Em 2012, "Pindura" ocupava o cargo de chefe de transportes na Secretaria Municipal de Saúde no então prefeito Wolney Freitas. Segundo o relato de Wesley em uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), pela demora na licitação das compras de novos pneus para a frota de ambulâncias, carros e vans da referida Secretaria Municipal, devido também ás cobranças dos guardas rodoviários nas fiscalizações nas estradas (estado de conservação precária dos pneus dos veículos), e por fim um acidente envolvendo uma ambulância em uma rodovia, "pindura" teria autorização por escrito, de tomar por empréstimo trinta e seis (36) pneus de dois comerciantes (do ramo) no Estado do Rio de Janeiro (Clube dos Duzentos/Sapucaia-RJ) com acordo de devolver assim que saísse a licitação e compras dos novos pneus. Após feita a licitação e efetuado as compras dos pneus, com autorização do então Secretario de Saúde da época, retirar do interior da Secretaria de Saúde os trinta e seis (36) pneus e devolver aos comerciantes, como pré combinado. "Pindura" teria dito ainda que efetuou a retirada dos pneus em um domingo ( dia que não funcionava a Secretaria) com autorização por ser um dia sem movimento da população no local, para não atrapalhar o andamento dos serviços de atendimento ao público. O também funcionário publico municipal, Wellington Júnior silva, teria feito contato com um jornal impresso local e relatado que "Pindura" teria furtado tais pneus e que teria uma testemunha (o vigia da secretaria de Saúde), que não foi confirmado pelo vigia quando ouvido na CPI, apelidada de "CPI DA ROUBALHEIRA" 
CPI esta formada pelos vereadores: - Simone Cabral (Presidente), Marco Antônio Camilo jorge (Secretário) e Gélson Luiz de Moura - Bí (Relator). 
Wesley Dias de Oliveira, sentindo-se desmoralizado pela tal acusação e sem provas que ele teria furtado os pneus, entrou com ação contra Wellington, no primeiro julgamento em n a Comarca de Além Paraíba (Primeira instância) Wesley perdeu a ação de danos morais, ingressou com ação na segunda instância em Belo Horizonte, onde foi julgado pela Câmara Cível (formada por três Desembargadores) que julgaram por unanimidade a favor de "Pindura" 
Welington não foi condenado na situação de vereador ou advogado, e terá que pagar uma quantia de R$20.000.00 (Vinte Mil Reais) mais atualização de honorários... 
Lembrando que o réu Wellington pode recorrer da decisão na terceira instância de Justiça em Brasilia.
Antes da publicação, fiz contato por telefone com o Sr. Wellington, porém não fui atendido.
Em contato com Wesley, 
"o mesmo disse que ainda vai estar com seu advogado para as devidas providências e que isso só veio a corroborar com as verdades por ele ditas na CPI, que  jamais tomaria alguma decisão, sem autorização. Tenho tudo documentado, passei por vergonha por uma coisa que não fiz, a justiça foi feita e que a população de Além Paraíba veja isso. concluiu, Pindura."
Fonte: Apelação Civil Nº1.0015.13.000004-3/001 
Reportagem: Adenilson Mendes