25 de julho de 2018

MULHER ACUSADA DE ENVENENAR O PRÓPRIO PADRASTO É PRESA PELA POLÍCIA CIVIL DE ALÉM PARAÍBA-MG

A Polícia Civil de Além Paraíba-MG (28.ª DEPOL), na terça-feira (24), após denúncia anônima dando conta que um homem teria sido encaminhado para o Hospital São Salvador de Além Paraíba, apresentando sintomas de envenenamento, se deslocou na sequência até o Distrito Angustura, residência da vítima (um homem de 41 anos) e da suposta autora (uma jovem de 19 anos, enteada da vítima), no intuito de averiguar a veracidade da denúncia e fazer cumprir o estado de flagrância.
Com a permissão dos envolvidos, foi feita busca do material utilizado no possível envenenamento do padastro, sendo localizados três garrafas pets contendo bebida alcoólica, um remédio e um saco contendo formicida (veneno para matar formigas).
Segundo informações obtidas pelo Blog do Adenilson Mendes, a autora (enteada da vítima), permitiu acesso ao seu aparelho de celular, onde foram visualizadas, as conversas por um aplicativo (WhatsApp), a premeditação e ação da mesma ao utilizar de formicida misturado com dipirona na bebida alcoólica da vítima sem que a mesma soubesse e com a finalidade de vitimar seu padastro, e por consequência, quase vitimou também o amigo de seu padastro, um homem de 33 anos de idade, que também ingeriu a bebida contaminada.
Diante dos fatos, a jovem foi presa em flagrante e conduzida á 28.ª Delegacia de Polícia Civil de Além Paraíba. As vítimas envolvidas, foram medicadas e não correm risco de morte.
Em entrevista á Rádio Cultura de Porto Novo AM de Além Paraíba, 1460 Khz, o Delegado Dr. Thiago disse que a motivação para tal crime, contado pela autora, estaria ligado a agressão física sofrida pela mãe, supostamente desferido pelo padrasto.

Blog do Adenilson Mendes - A Notícia É.

Nenhum comentário:

Postar um comentário