6 de março de 2014

RESTANTE DO SOBRADO FOI DEMOLIDO NESTA QUINTA-FEIRA 06/03 EM ALÉM PARAIBA-MG

Durante o dia de hoje (06/03) a Defesa Civil de Além Paraiba-MG esteve presente na rua Doutor Antônio Augusto Junqueira nº 409, Bairro Porto-velho onde parte de um sobrado veio a baixo vitimando o senhor José Antônio Oliveira 52 anos de idade no último sábado (01/03 - Durante a chuva e forte vento)


 Por volta das 9:30 minutos Renato Miranda (Coordenado da Defesa Civil) Levindo Dias (Secretário de Obras e Serviços Municipais) e o Prefeito Fernando Lúcio conversaram a respeito de como os serviços seriam realizados na demolição do que sobrou do pavimento superior do sobrado.
 Em entrevista concedida a minha pessoa durante o Programa Aladir Neviton e o Show da Manhã na Rádio juventude FM 95,5 nesta quinta-feira o senhor Renato Miranda mostrou-me uma cópia de um documento assinado por Ele onde fica notável o pedido de demolição do sobrado que oferecia perigo iminente documento este datado em 23 de Outubro de 2013 porém com algumas ressalvas legais.
 Renato Miranda lamentou a trágica morte do cidadão de bem senhor José Antônio e se colocou a disposição da família...
 A
Chefe de Gabinete da Prefeitura Municipal Juliana Donzeles emitiu um comunicado:
" Em relação ao imóvel que desabou no Porto Velho, informo que foi feito requerimento pela Sra. Maria Guilhermina do Couto Coelho solicitado a “verificação da possibilidade de demolição”. Em outubro de 2013, a Defesa Civil sugeriu a demolição do imóvel, diante das condições precárias em que se encontrava o mesmo. Há parecer jurídico solicitando que a requerente junte cópia do inventário e informe se há concordância dos demais herdeiros (no caso, eram 12 herdeiros sendo que apenas um fez requerimento). De acordo com certidão do RGI, a falecida Sra. Nadir Martins do Couto, mãe da requerente, seria proprietária apenas de 1/12 da fração do imóvel. Desde então, não houve mais manifestação da requerente. A Secretaria de Justiça informou que apenas solicitou a concordância dos demais herdeiros, não sendo a requerente legitimada para pleitear em nome de todos eles. Infelizmente, o imóvel desabou antes das medidas cabíveis. A PMAP lamenta o fato, estando solidária aos familiares da vítima. A Secretaria Municipal de Obras agendou para a data de amanhã, dia 06/03/2014, na parte da manhã, a demolição da parte restante do imóvel."
  A senhora Maria Guilhermina afirmou-me que toda documentação em relação ao sobrado está nas mãos do Advogado Fernando Ferreira o qual responde legalmente pelo pedido feito para demolição do sobrado.
  "Em conversa com uma pessoa ligada a família do senhor José Antônio (pediu para ter seu nome em sigilo) disse que o Advogado José Sucasas  foi quem pegou a causa da família do falecido José Antônio e entrará com uma ação indenizatória contra os responsáveis do sobrado e a quem de direito." 

  Os trabalhos de demolição foram feitos pela Defesa Civil e Secretaria de obras e serviços na parte superior do sobrado durou toda tarde e parou por volta das 18:00 horas.
Os serviços poderão ser retomados na manhã dessa sexta-feira.
Foto de Facebook








2 comentários:

  1. Isso chama-se BRASIL ,temos que perder uma vida pra alguém fazer alguma coisa ,que vergonha !

    ResponderExcluir
  2. mmedeiros13@gmail.com

    ResponderExcluir