6 de dezembro de 2013

"JUSTIÇA NOTIFICA HOSPITAL DE ALÉM PARAIBA-MG"

'Alguns médicos obstetras não querem prestar serviços pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em Além Paraiba-MG devido ao baixo valor salarial pelos serviços prestados..."É o que dizem...
Com isso o provedor do Hospital São Salvador está com muita dificuldade em manter na Unidade tais profissionais...
já nos atendimentos particulares os serviços são realizados normalmente.
"O Hospital foi notificado pela Justiça, caso não tenha médico obstetra de plantão ou de sobre aviso na Unidade,terá que pagar multa de R$10.000.00 (Dez Mil Reais) por cada falta nos plantões
Em entrevista  a uma emissora de Rádio Local o Doutor Rafael Gracioli afirmou que não permitirá que os médicos que não queiram atender pelo SUS também não atenderão no particular e por ventura não conseguindo os profissionais na área de obstetrícia fára um termo repassando o compromisso para o Município preconizado em CRM.
O provedor falou ainda que vários profissionais estão vindo de outras cidades para realizar os serviços,sendo que aqui existem tais profissionais...E que vai tomar providências cabíveis
Quando perguntado se existe obstetra hoje no Hospital,disse que conseguiu em uma negociação médicos para estes dias... Mas posteriormente a situação pode se agravar novamente...
Mas aguarda o cumprimento dos acordos firmados com o  Secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais,Sr. Antônio Jorge de Souza Marques"

Por:Adenilson Mendes

2 comentários:

  1. Tem alguns médicos daqui de Alem Paraiba que são verdadeiros mercenários, só pensam e agem em função do vil metal. Eles não têm medo de um castigo divino, pois todos, inclusive os parentes dos médicos, são passíveis de necessidades médicas... e ponto

    ResponderExcluir
  2. Só quem sofreu na carne sabe o que é a nossa saúde!

    ResponderExcluir